feature archive

<<<< You are on page 79 of 94 pages >>>>
Jump to page:

Guerra no Oriente Medio, o mundo esta assistindo

pina, 21.07.2006 04:41

<!-- Couldn't get value of variable encodeHTML: Couldn't get referent of encodeHTML: Couldn't get referent of title: IndexOutOfBoundsError in to_media_images -->

Pelo nono dia consecutivo, forças Israelenses estão bombardeando o Líbano. Até o momento, mais de 300 libaneses foram mortos, mais de 1.000 foram feridos e 500.000 foram desalojados, comparado com o saldo de 29 mortos israelenses (15 civis) causados por mísseis Katyusha lançados pelo grupo Hizbullah. Relatos desde Beirut falam de uma cidade deserta e devastada, com prédios residenciais, estradas e pontes sendo destruídas por mísseis israelenses. Israel iniciou o ataque ao Líbano após o Hizbullah ter capturado dois soldados israelenses em uma batida perto da fronteira, para libertar 3 prisioneiros libaneses e um número indeterminado de árabes que estavam sendo mantidos presos por Israel. No entanto, os soldados capturados, ambos em Gaza e no Líbano, já não fazem mais parte da agenda do governo Israelense. Oficiais do país não estão mais dizendo "vamos trazer nossos soldados de volta pra casa", mas sim destruir o Hizbullah e o Hamas, e talvez Siria e o Iran também, "de uma vez por todas". E, aparentemente, eles tem sinal verde dos Estados Unidos e outros "aliados" internacionais.

[las contas bancárias para emitir fundos para o relevo de Líbano]

Enquanto isso na Palestina o ataque a Faixa de Gaza continua, novamente sob a desculpa de libertar um soldado feito refém pela milícias palestinas em 25 de junho, que ofereceram libertá-lo em troca de prisioneiros palestinos em Israel. Centenas de civis palestinos foram mortos e muitos outros foram feridos, sem dizer no período que ficaram sem comida, combustível, energia, água e medicamentos. Muitos dos que foram mortos eram civis, incluindo crianças, que morerram durante a bateria de ataque aérea. Junto com o bombardeamento, aviões militares israelenses conduziram um tipo de bombardeamento sonoro em Gaza, com o objetivo de impor medo na população e faze-los crer de que um bombardeamento real está a caminho. Em retaliação grupos palestinos continuam a lançar mísseis Qassam em cidades israelenses [veja relatório do grupo Human Rights Watch].

Fora os inúmeros estragos de infra-estrutura, há relatos de que as forças israelenses estão usando armas que foram banidas internacionalmente, como bombas de fósforo incediárias e bombas a vácuo, tanto na Faixa de Gaza quanto no Líbano

Ainda em pequena escala, diversos protestos - em Israel e por todo o mundo [1] [2] [3] [4] [5] [6] [7] [8] [9] [10] - contra os ataques. Pesquisas de opiniões mostram que a maior parte da população de Israel e dos EUA são contra os ataques. Em 18 de junho milhares de pessoa protestaram em frente ao Parlamento em Londres. Manifestacoes estao sendo convoncadas para o dia 22 de julho pela Campanha de Solidariedade Palestina, Coalizacao Pare a Guerra e varios grupos mulculmanos. No comeco desse mes, manifestantes bloquearam a empresa EDO MBM em Brighton, que fabrica componentes eletronicos para o exercito israelense [veja também Dia Nacional de Ação ee Boicote aos fundos israelenses"].

Sábado, 22 de Julho: Dia Internacional de Ação Contra as Agressões Israelenses

Leia Mais: Editoriais do Indymedia Global | Palavras desde o Líbano | Editoriais do Indymedia Cyprus1 | 2 | Apelo de Solidariedade a Sociedade Civil Libanesa | O contexto racista da história da evacuação | O choro sangreto do mar de gaza | O censor Israelenser | Fotos: galeria cmaq

Links: CMI Beirut | CMI Israel | Centro de Mídia Internacional do Oriente Médio | Rede de Notícias Palestina | Electronic Intifada | Electronic Lebanon | Blogs Palestinos | Tadamon



PGA call: European gathering

maxigas, 20.07.2006 15:55

As you might already know, the next European PGA conference will take place in France this summer, from August 19th to September 3rd. It will happen in two parts, in a decentralised fashion: the first 9 days will take place in 5 different locations around France, each with specific themes in focus; it will be followed by 2 days off for travelling & chilling-out, then by 4 days in a central location, that will be the Tanneries squatted social centre in Dijon.

- Website:  http://pgaconference.org/
- E-mail: stamp at pgaconference.org
- Phone (for visa information only): +33-(0)-687-025-844
- Phone (general info, from July 9th): +33-(0)-872-248-117



Palavra desde Líbano

alexzapa, 17.07.2006 01:33

<!-- Couldn't get value of variable encodeHTML: Couldn't get referent of encodeHTML: Couldn't get referent of title: IndexOutOfBoundsError in to_media_images -->

Dois comunicados abaixo do: membro(a) e também nosso(a) colega e companheiro(a) do Indymedia Beirut , Raida Hatoum e membro(a) do IndyMedia Cyprus ,Petros Evdokas.

Entitulado "Word from Lebanon (Palavra desde Líbano)" " e "Two New Electronic Weapons of the Resistance, and a Strategic development in the war (Duas Novas Armas Eletrônicas de Resistência, e um desenvolvimento estratégico na Guerra)", respectivamente, eles fornecem uma seção cruzada da crise e realidade atual no Líbano, Gaza e nossa completa região do Oriente Médio, através da lente estendida do coração e mente desses colegas veteranos.

indymedia: Cyprus | A word from Lebanon (Uma palavra desde Líbano) | Israel | Beirut
outros websites: : ElectronicLebanon | Tadamon | IMEMC | Electronic Intifada (Entifada Eletrônica) | Palestine News Network (Noticias da Rede Palestina) | Palestine Blogs | Mona's blog: From Gaza
fotos: cmaq gallery (galeria cmaq)



Invasão de Israel a Gaza/Líbano sem fim à vista: Mais de 120 mortos

agualva, 14.07.2006 19:06

<!-- Couldn't get value of variable encodeHTML: Couldn't get referent of encodeHTML: Couldn't get referent of title: IndexOutOfBoundsError in to_media_images -->

Nabil Abu Salmiya, sua mulher Salwa, ambos de 39 anos, e os seus sete filhos : Nasrallah e Basima de 16 anos, Sumayya de 12, Huda de 8, Eman de 11, Aya de 7 e Yahia de 13 anos são as últimas vitimas mortais da invasão da faixa de Gaza por Israel, assassinadas por um ataque da aviação de Israel sobre a sua casa na manhã de Quarta-feira 12 de Julho. Os chefes militares de Israel disseram que os dois mísseis se destinavam ao dirigente do movimento de resistência Hamas, mas dos 9 mortos e 38 feridos, nenhum era filiado em qualquer grupo de resistência e a maioria das vitimas foram crianças. Alguns militares israelitas sentem-se desconfortáveis com este assassínio em massa e com a recusa de Olmert em negociar. Israel ésuspeito de estar a usar armas químicas nos ataques, embora a natureza das novas armas permaneça um mistério.

No norte de Israel, os combatentes do Hezbollah capturaram dois soldados de Israel e abateram oito na Quarta-feira 12 de Julho, quando as tropas israelitas invadiram o Libano pela primeira vez desde 2000, matando pelo menos 25 pessoas.

Audio: Reportagem radiofónica da semana de 1 a 7 de Julho
Fotografias:"Haverá sobreviventes depois desta explosão?" - fotografia de uma aldeia do Líbano durante a destruição por uma tremenda explosão. No centro da bola de fogo os blocos brancos são casas da aldeia.
Reportagens: Oficiais de Israel rejeitam tréguas | Ferimentos nos palestinianos sugerem que Israel está a usar armas químicas em Gaza | "Chuva de Verão" é uma benção | Jornalista abatido por soldados israelitas | "Só as vidas em Israel contam?" | Negada a entrada em Israel a Palestino-Americanos | Israel Ataca Alvos Civis no Líbano | Os nossos vizinhos estão a ficar carniceiros | Manifestação de Solidariedade em Montreal
Indymedia: Israel | Beirute | Chipre
Web sites: Agência de Notícias do Médio Oriente | Electronic Intifada | Rede Noticiosa da Palestina | Blogues Palestinianos | Mona's blog: Desde Gaza



Cúpula do G8 em São Petersburgo, Rússia

bamzin, 12.07.2006 00:20

anti-fascism graphic Dos dias 15 a 17 de Julho o G8 se encontrará em Strelna, um subúrbio de São Petersburgo, Rússia.

Enquanto a situação para protesto na Rússia é bem diferente (entrevista) daquela no Reino Unido durante o G8 em Gleneagles, a "Rede contra o G8"(Network against the G8) convocou protestos contra a cúpula e convidou pessoas de todo o mundo para ir à Rússia.

Autoridades russas já tentaram mostrar força contra possíveis protestos (veja repressão policial contra demonstração gay/lésbica em Maio e relato de repressão por ativistas da Rede Contra o G8).

Uma caravana ciclista pedalou de Belim até São Petersburgo. (relatos e fotos). Um fórum libertário em Moscou de 8 a 12 de Julho começou, servindo como 'acumulação' para os protestos em São Petersburgo. Os assuntos principais do forum serão ligados à energia, o G8 planeja o renascimento da energia nuclear.

No dia 14 de Julho há a chamada para um Dia de Ação Global. Em várias cidades do mundo haverão protestos contra as políticas neoliberais do G8. Há ações anunciadas em Washington, Manchester, Berlim, Hamburgo, Manila e várias outras cidades.

Em Mali acontecerá o Fórum dos povos durante os dias 15 e 17 de Julho.

Grupos ambientais convocam um dia de ação para Ação Ecológica Radical Contra a Mudança Climática no dia 15 de Julho.

Durante os dias de encontro do G8 ocorrerá um fórum social em São Petersburgo e um espaço de convergência no Estádio Kirov (com um espaço autônomo). A manifestação planejada pelo fórum social foi proibida pelas autoridades.

Veja o calendário de protestos para detalhes.

Cobertura Indymedia: ru.indymedia.org/int (multilingue) | ru.indymedia.org (russo)

Mais Informações: Info Bulletin #2, Travel Info , Moscow Survival Guide, G8 2006 Info and Press Group
Legal advice: Legal Team
Outros websites: spb8.net | g8-2006.plentyfact.net | nog8.ru | piter | AGP
international mailing list: http://lists.riseup.net/www/info/g8-2006

Atualização: Nós últimos dias, de 7 a 11 de Julho, pelo menos 23-25 pessoas [summary 1] [summary 2, 10 July] já foram detidas pela polícia russa em suspeita de serem contra as políticas da Cúpula do G8. Vários deles foram sentenciados a dez dias de prisão. O "Libertarian News and Information Collective LINK" relato a número de detenções políticas como "dezenas" no dia 11 de Julho; a Confederação Siberiana do Trabalho - SKT - estima 200 detenções/prisões.

Relatos individuais (inglês): 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | Videos: video educativo | Solidariedade em Madrid



Independência frente à América

agualva, 11.07.2006 17:41

<!-- Couldn't get value of variable encodeHTML: Couldn't get referent of encodeHTML: Couldn't get referent of title: IndexOutOfBoundsError in to_media_images -->

A 4 de Julho de 2006, Dia da Independência da América, a anual Manifestação de Independência face à América aconteceu na NSA Menwith Hill no Yorkshire, Reino Unido [ Fotos: 1 | 2 ]. Foi numa Terça feira quente e soalheira que cerca de 100 manifestantes de Sheffield, Nottingham, Liverpool e do norte de Inglaterra rodeados por uma maciça presença policial, depois de toques de tambores, canções de Tom Neilson e alguns discursos fizeram a circum-navegação da aumentada base de espionagem. Uma mulher foi detida e libertada mais tarde sobre caução, vejam a reportagem do CAAB com a noticia desenvolvida.

A Agência Nacional de Segurança (NSA) sediada em Menwith Hill, perto de Harrogate, é a maior base americana de espionagem fora dos Estados Unidos e desempenha um papel crucial na intercepção de comunicações electrónicas & vigilância militar; é uma componente do ECHELON (Artigo em basco), e da defesa anti-missil e Guerra das Estrelas. A Campanha para a Responsabilização das Bases Americanas (CAAB), organizadora da manifestação, tem estado envolvida numa longa campanha de protestos em Menwith Hill, que se iniciaram nos idos anos cinquenta, conforme se pode ver nas reportagens dos eventos que aconteceram nos últimos anos.



Israel aumenta ataques em Gaza

agualva, 07.07.2006 20:17

A já terrível situação, vivida na Faixa de Gaza, agravou-se durante o mês de Junho com a escalada de ataques de Israel contra este pobre e flagelado território. Israel tem devastado Gaza com ataques aéreos e de artilharia tendo forças militares terrestres cruzado a fronteira.

Segundo a agência independente Palestiniana Maan News Agency, 55 Palestinianos foram mortos pelo exército de Israel em Junho e 304 ficaram gravemente feridos. A 29 de Junho Israel raptou 64 deputados do Parlamento da Palestina. Na noite de 1 de Julho lançou um ataque aéreo contra o quartel general do primeiro ministro da Palestina, Ismail Haniyeh.

Leia mais: Global Indymedia Feature | Indymedia Israel | Maan News | Haaretz | The Landlord Has Gone Crazy | Electronic Intifada | Palestine News Network



RESF, Uma Nova Forma de Resistência Contra Leis Anti-Imigração

bamzin, 29.06.2006 01:30

<!-- Couldn't get value of variable encodeHTML: Couldn't get referent of encodeHTML: Couldn't get referent of title: IndexOutOfBoundsError in to_media_images -->
No último ano, o Ministro do Interior francês e candidato à próxima eleição presidencial na França, Nicolas Sarkozy, teve que voltar atrás nos seus planos de deportação face a uma nova forma de resistência: aquela dos parentes e professores tentando proteger crianças ou imigrantes "ilegais" chamados de "sans-papiers" (sem papéis).

Em Outubro do ano passado, frente às crescentes manifestações e greves em escolas por toda a França opondo-se à detenção de jovens pela polícia, Sarkozy enviou instruções aos estudantes e suas famílias alegando que estes poderiam permanecer no país até o término do ciclo escolar. À medida que este prazo se aproxima (4 de Julho) o medo tem aumentado nas famílias de imigrantes, mas também um descontentamento popular canalizado através de uma rede chamada RESF ou "Réseau Education Sans Frontières" (Rede Educação Sem Fronteiras) atualmente ativa em todas as regiões francesas, organizando vários protestos e ações simbólicas como o "parrainage republicains" (Apadrinhamento republicano).

A RESF ganhou reconhecimento ao acumular pequenas vitórias durante seu trajeto, uma das últimas foi o retorno de Mariam Sylla e seus dois filhos do Mali, enquanto Sarkozy embarcava em uma visita controvérsia ao Mali e outros países africanos. Uma petição nacional de desobediência civil, clamando que "nós não deixaremos que eles peguem aquelas crianças, nós as protegeremos, nós as esconderemos da polícia" acumulou cerca de 62.000 assinaturas. Mesmo sob fortes críticas, Nicolas Sarkozy conseguiu ter sua nova lei anti-imigração aprovada através da "Assemblée Nationale" (Parlamento) e do Senado, porém teve que promulgar novas instruções permitindo a permanência de algumas famílias imigrantes. Esta é uma pequena porém notória vitória, além disso muitos meios tiveram que mencionar o tema em suas primeiras páginas. Sarkozy quis levantar um debate eleitoral, julgando as despesas com imigrantes na França de Pétain, porém este está se tornando um debate central de opinião. Os acontecimentos podem faiscar o renascimento generalizado de lutas contra a "fortaleza Europa".

Paris IMC: RESF mobilises airport trade unions || A family detained in Eure dept. || Two children deported to Mali
Marseille IMC: a student about to be deported - mobilise! || a symbolic ceremony
Lyon (Rebellyon.info): Action to free Mr Akdag from Retention center || A day in Villeurbanne to mobilise against deportation of children and their families

Outros artigos: (inglês): "A national petition: we will protect them || BBC: French fight for illegal children || IHT: New French Resistance: Hiding Children || The Washington Post: With End of French School Year Comes Threat of Deportation || BBC: French fight for immigrant youths || The Guardian: Sarkozy forced to review plans to deport children of illegal immigrants || (espanhol): Nosotros los tomamos bajo nuestra proteccion! || El Pais: Sarkozy tiene corazon || El Torre: Peligro de expulsion masiva para jovenes de familias "sin papeles" escolarizados en Francia || (German): "Wir nehmen sie unter unseren Schutz!" || (Polonês, sueco, turco)



Israel assassina 22 palestinos em uma semana e Bane os Trabalhadores pela Paz

alexzapa, 26.06.2006 20:40

<!-- Couldn't get value of variable encodeHTML: Couldn't get referent of encodeHTML: Couldn't get referent of title: IndexOutOfBoundsError in to_media_images -->
No dia 22 de junho o governo israelense anunciou que estava preparando uma campanha para impedir, neste verão, a entrada ao pais de qualquer ativista pela paz de procedência internacional. Ao 23 de junho Israel deportou oito trabalhadores pela paz italianos do aeroporto Bem-Gurion da cidade de Tel-Aviv. Essas novas politicas israelenses chegam em meio a uma grande escalada de violência por parte de Israel. Na semana passada 22 palestinos foram assassinados (entre eles 5 crianças de menos de 10 anos) e outras 79 pessoas ficaram feridas por causa das ofensivas aéreas israelitas.

Em resposta a essa escalada de violência por parte das forças israelenses, os palestinos iniciaram dezenas de protestos não-violentos no 23 de junho com o objetivo de mostrar ao mundo que permanecem dispostos a negociação pacífica. Porém, os ativistas pela paz palestinos estão afetados já que as novas posições israelenses mantém fora da Palestina os ativistas internacionais. Os internacionais sentiram que suas presenças nos diferentes povoados e cidades têm servido,em certo aspecto, de proteção ante a violência militar de Israel.

áudio: Weekly Palestine Report da Centro de Midia Internacional do Oriente Médio

leia mais: Israel nega a entrada ao país de oito ativistas pela paz de procedência internacional | Os serviços de segurança de Israel se preparam para uma campanha que proíbe os ativistas internacionais de entrar em West Bank | Os Ativistas pela Paz residentes em Bil´in protestam contra o Muro | Uma semana de 'contenção' Israelita | Informe da semana do Centro Palestino pelos Direitos Humanos



Continua a onda repressiva no México. Ontem Atenco, Hoje Oaxaca.

alexzapa, 15.06.2006 17:26

<!-- Couldn't get value of variable encodeHTML: Couldn't get referent of encodeHTML: Couldn't get referent of title: IndexOutOfBoundsError in to_media_images -->

Hoje, 14 de Junho, às 4:30 da manhã, aproximadamente 3,000 elementos da policia ministerial, da polícia preventiva e dos bombeiros do estado de Oaxaca começaram a desocupar violentamente com gases lacrimogênicos, granadas de fumaça, granadas de atordoamento e armas de fogo um grupo de 70,000 trabalhadores da Seção 22 do Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Educação. Até o momento relata-se 13 detidos, 4 lesionados, 5 feridos por bala e entre 6 e 9 mortos, assim como a invasão do edifício do Sindicato de Professores e a destruição das instalações da Radio Plantón (rádio livre e comunitária que é referência aos movimentos sociais em Oaxaca).

A 3 semanas da eleição, com os ocorridos em San Salvador Atenco ainda presentes (28 pessoas processadas) de novo é privilegiado o uso da força em lugar do diálogo ante o exercício dos direitos constitucionais por parte dos cidadãos.

indymedia oaxaca | centro de mídias livres df | rádio pacheco | Ação Urgente pela violência em Oaxaca | últimas notícias: 1, 2 | Mais sobre Atenco | vídeo | áudio



Los Angeles Police Forcibly Evict and Bulldoze the South Central Farm

15.06.2006 01:11

Despite widespread popular resistance, including years of struggle against the city and developers on the part of farmers, a three-week old occupation and treesit, a successful effort to raise millions of dollars in order to try to buy the land on which the farm stood - a bid which was ultimately rejected, and a day full of nonviolent civil disobedience including lockdowns and blockades, the largest urban farm in the United States was evicted on the morning of June 13th.

The farm, which had been started on property taken from developers under eminent domain laws after the 1992 popular uprising following the videotaped police beating of Rodney King, and which provided healthy food for over three hundred and fifty families as well as an ecologically sustainable model for building urban economy and community with dignity in the midst of poverty, was destroyed by bulldozers today to make way for the construction of commercial warehouses serving the (activists speculate that Wal-Mart maybe the primary intended beneficiary.)

Los Angeles Indymedia is reporting that at least 45 people have been (in many cases violently) arrested while defending the farm from re-enclosure and destruction.


South Central Farmers | Continuing coverage from Los Angeles Indymedia
Audio Interview with Leslie Morava | Photos of arrests at the farm | Save the South Central Farm - Photo Essay | Commentary: Two weeks ago they came for Atenco - Now they come for the South Central Farm



Seruan Solidaritas : Gempa bumi di Jawa

13.06.2006 21:35

Belum hilang memori kita akan dahsyatnya bencana alam tsunami menerjang aceh, Indonesia yang memakan korban yang tidak sedikit, lagi-lagi Indonesia dilanda bencana alam yang tak kalah dahsyatnya, kali ini alam meluluhlantakkan tanah jawa yang memiliki penduduk 65 % dari 206.264.595 penduduk Indonesia (BPS, 2000). Sebanyak lebih dari 5000 penduduk yang tinggal di Provinsi DI Yogyakarta dan beberapa daerah di provinsi Jawa Tengah meninggal akibat tertimpa reruntuhan rumah mereka sendiri yang diakibatkan oleh gempa tektonik berkekuatan 5,9 skala richter. Peristiwa ini terjadi pada pukul 05.55 wib. Kemudian disusul oleh beberapa kali gempa susulan.

Sebuah gempa tektonik berkekuatan 6,3 skala magnitude (5,9 skala Richter) terjadi selama kurang lebih satu menit pada hari Sabtu 27 Mei ini telah menelan 5.000 lebih korban jiwa, terutama di Kabupaten Bantul.

Solidaritas global

Para korban yang selamat, masih memerlukan bantuan dari semua pihak demi keberlangsungan hidup mereka, untuk bertahan agar tetap hidup mereka memerlukan obat-obatan, makanan yang bergizi, selimut, tenda beserta matras sebagai tempat tinggal sementara, dapur umum, pakaian, bahan bangunan untuk membangun kembali rumah-rumah mereka, uang, dll.



75% dos departamentos acadêmicos ocupados por estudantes na Grécia

alexzapa, 16.06.2006 05:12

<!-- Couldn't get value of variable encodeHTML: Couldn't get referent of encodeHTML: Couldn't get referent of title: IndexOutOfBoundsError in to_media_images -->
Certas cláusulas da Constituição Grega (entre outras a que estabelece que a educação é pública e gratuita para todos e que o corpos policiais não têm permissão de entrar nos campos universitários) estão dificultando os esforços para impulsionar a agenda neoliberal nas instituições de educação superior gregas.

Entretanto, o governo conservador está agora tentando impulsionar mudanças cruciais no funcionamento e rol das instituições de Educação Superior. Um “Comitê de Especialistas” nomeado pelo próprio governo lançou uma lista de propostas de mudanças,[leia mais]:

Porém, os estudantes decidiram não cair sem lutar. Ao 7 de junho, 320 departamentos acadêmicos estão ocupados (representando cerca de 75% do total do país):

Em 8 de junho, aproximadamente 15,000 estudantes protestaram em Atenas e outros 7-10,000 marcharam em Tesalónica. A repressão policial tentou acabar com a manifestação usando gás lacrimogênico.
Fotos de Atenas [ 1 | 2 | 3 ] e Tesalónica



Tentativa de assassinato de um antifascista

bamzin, 24.05.2006 17:33

anti-fascism graphic

Alguns dias atrás, às 18h do dia 16 de Maio, na esquina das ruas Tamka e Dobrej em Varsóvia, um ativista antifascista foi atacado por dois nazis, com claras intenções de matá-lo. Eles o seguiam, quando de repente um dos dois deu um passo a sua frente lançando gás de pimenta. Em seguida o outro punhalou suas costas com uma faca de 30 cm. Maciek caiu no chão e foi chutado pelos nazis por um tempo, enquanto ouvia "Nós vamos te matar, seu esquerdista filho da puta!"

Maciek foi levado ao hospital, sofrendo sérias cirurgias (quando chegou ao hospital os médicos disseram que seu estado era "crítico"), e agora está se recuperando. Ele ainda não está 100% bem, apresentando sangue nos pulmões. Maciek diz ter certeza que o ataque foi devido à aparição de seus dados pessoais em um site nazista chamado "redwatch" (www.redwatch.info), onde nomes, endereços, fotos e outras informações pessoais de ativistas dos direitos humanos são publicados, visando a promoção de ataques violentos contra os mesmos. Redwatch é um website que está no ar há muitos meses promovendo a idéia de "matar os inimigos da raça" e por trás disso tudo está uma radical organização neofascista chamada "Blood and Honor". O problema é que Maciek não tem plano de saúde, por isso deverá ser forçado a pagar mais de 20.000 PLN (5000 euros).

PEDIDO DE AJUDA! Estamos coletando dinheiro para ajudá-lo a pagar seu tratamento. Pedimos gentilmente pela sua ajuda. Por favor, envie dinheiro a esta conta com a observação "Para Maciek":

mBank número IBAN: PL81 1140 2004 0000 3202 3517 7247
Katarzyna Jankowska
Bank: BRE Bank S.A. Retail Banking
Address: al. Mickiewicza 10
Postcode: 90-050
City: Lodz
BIC/SWIFT BRE Bank: BREXPLPWMUL
SORT CODE- 11402004

OUTRAS AÇÕES DE SOLIDARIEDADE

LINKS RELACIONADOS: Protestos contra o recente nomeação do ministro da educação de extrema-direita Roman Giertych: Inicjatywa Uczniowska - Students' Initiative | fotos: Białystok 20 de Maio | Kraków 13 de Maio | Toruń 18 de Maio | Warszawa 9 de Maio - 13 de Maio [1] [2] [3] - 20 de Maio | Wrocław 14 de Maio [1] [2]



NSA Tracking Millions of US Phone Calls with Telcos Help

18.05.2006 14:39

On May 11th, 2006, it was reported that the National Security Agency (NSA) has been secretly collecting the phone records of tens of millions of Americans since September 11, 2001. The data has been provided by telecommunications giants AT&T, Verizon and BellSouth. The companies are the nation's three biggest telecommunications companies; they provide local and wireless phone service to more than 200 million customers. A fourth company, Qwest, reportedly refused to provide the data willingly provided by the others without subpoenas. According to the report, this particular program does not involve the NSA listening to or recording conversations, but last year, Bush admitted that he had authorized the NSA to eavesdrop — without warrants — on international calls and e-mails of people suspected of having links to terrorists when one party to the communication is in the USA. The full extent of that warrantless wiretapping has yet to be publicly determined.
Related Reports: 1 | 2 || Updates



Peoples Forum Against ADB AGM in Hyderabad

Peoples' Forum against ADB, 09.05.2006 18:44

The 39th Asian Development Bank Annual Governors meeting was held in Hyderabad from 3-6 May 2006. In parallel, a forum came together to organize a counter summit at Hyderabad during the same time. This forum consisted of various groups from India and other countries in Asia and has come together under the banner Peoples' Forum against ADB (PFAADB). The Peoples Forum against ADB concluded its activities with a 'Hyderabad pledge' to support peoples movements across Asia in their efforts to reclaim democracy, sovereignty and self-determination. The Forum also resolved to strive towards democratising the state so that it serves and responds to the aspirations and priorities of its people.



Exército coreano ocupa um povoado agrícola

alexzapa, 13.05.2006 00:33

<!-- Couldn't get value of variable encodeHTML: Couldn't get referent of encodeHTML: Couldn't get referent of title: IndexOutOfBoundsError in to_media_images -->
Durante três dias, milhares de manifestantes entraram em confronto com a polícia e soldados em oposição a amplificação de uma base militar dos Estados Unidos. A ampliação da base Camp Humphreys (K-6) faz parte do plano de reorganização das forças dos EUA, conforme ao Projeto para um Novo Século Americano (PNAC) e posto em prática pela administração de Bush para consolidar sua hegemonia militar no nordeste da Ásia.

O Ministério da Defesa Coreano (MND) declarou o povoado de Daechuri e áreas próximas uma zona militar protegida, na tentativa de se fazer com que um terreno fosse designado para ser propriedade do exército dos EUA. Em sua tentativa de controlar toda a escalada de desordem derivada do envio de tropas e antidisturbios para desalojar nativos e ativistas, o Ministério da Defesa estava fazendo procuras de porta em porta e prisões sem prévio aviso. Para evitar a entrada e saída da aldeia, bloquearam as estradas com sacos de areia e ônibus da policia. Desde quinta-feira passada já houve ao menos 400 feridos e foram presas 524 pessoas. A violência desses três dias têm provocado criticas ao comportamento da policia duranto o desalojamento.Os conselheiros de direitos humanos da Agência da Policia Nacional descreveram a cena como um “banho de sangue” e uma “situação preocupante” para o governo.

O apoio internacional é urgentemente necessitado | www.saveptfarmers.org | Atualizações aqui

Contexto: Luta de Daechuri | História das bases dos EUA na Coréia |choque de milhares em resistência coreana a expansão das bases dos EUA | Autonomia declarada em Daechuri, Coréia | Vila autônoma cercada pelas tropas coreanas | Atualiza no sítio

Fotos: 1 | 2 | 3 | 4 | Videos aqui



1 de Maio, 2006: 1,5 milhões exigem direitos para imigrantes em Grande Greve

alexzapa, 13.05.2006 17:11

<!-- Couldn't get value of variable encodeHTML: Couldn't get referent of encodeHTML: Couldn't get referent of title: IndexOutOfBoundsError in to_media_images -->
O primeiro de maio foi um dia significativo para os trabalhadores de todo o mundo desde que o massacre de Haymarket interrompeu a luta pela jornada de 8 horas há mais de um século.Esse ano os americanos chamaram, durante o Dia Internacional dos Trabalhadores, para a causa dos direitos dos imigrantes. O resultado está sendo chamado como o maior dia de protestos da história dos EUA.

Aproximadamente 1,5 milhões de pessoas em todo o pais saíram fora do trabalho ou da escola e se abstiveram de comprar para demonstrar como os imigrantes são importantes para a economia e a sociedade americana.Os imigrantes são os 14% de força de trabalho nos EUA e contam para mais da metade do crescimento na última década.

Os protestos continuam há meses de intensa oposição a HR4437, que foi aprovada na Casa de Representantes em dezembro de 2005. A lei não passou todavia pelo Senado.

Principais: Greve Geral em Los Angeles || California vê múltiplas manifestações de mais de 100.000 || O povo unido: Marcha de 700,000 no histórico May Day de Chicago || Fóruns de Imigração em Philadelphia

Relacionados: Cobertura do Democracy Now || Rede de video do 1 de Maio || Videobomb 'noborders' tag || Comentário de KPFK's Sonali Kolhatkar || Página da Portland IMC May Day

» Cobertura do IMC-US May Day 2006
» Arquivo da cobertura do IMC-US sobre direitos dos imigrantes


Stories from around the country: Portland || Santa Ana || Olympia || Los Angeles || Urbana-Champaign || San Diego || Tennessee || Boston || Houston || New York || || Colorado || Milwaukee || New Mexico || Philadelphia || Carrboro and Chapel Hill || Charlotte || Santa Barbara || Worcester || St. Louis || Medford || DC || Austin || Central Coast California

Global Mayday: Notícias e Fotos de todo o mundo



Prisioneiros de Atenco iniciam greve de fome

alexzapa, 08.05.2006 03:01

<!-- Couldn't get value of variable encodeHTML: Couldn't get referent of encodeHTML: Couldn't get referent of title: IndexOutOfBoundsError in to_media_images -->
217 prisioneiros começaram uma greve de fome, sexta-feira, no México central, anunciando as condições de suas prisões e seus tratamentos pela mão da policia local. Noticias têm sido documentadas de prisão seguida de estupro, abusos físicos e mentais pelas pessoas que foram presas por seus envolvimentos na defesa de Texcoco e Atenco.Por enquanto, cinco estrangeiros estão em processo de deportação, aproximadamente seis pessoas estão desaparecidas, produtores de mídias independentes foram alvo de prisões e um garoto de 14 anos está morto.

Cobertura em INGLÊS do Indymedia do México

Vejam também: Proteste contra a repressão à Outra Campanha | Vídeo de Atenco | Marcos em San Salvador Atenco | La Otra San Diego | La Otra Tijuana

Cobertura ao vivo na rádio KeHuelga | Rebroadcast on radioActive sanDiego



Fórum dos Movimentos

alexzapa, 06.05.2006 14:59

<!-- Couldn't get value of variable encodeHTML: Couldn't get referent of encodeHTML: Couldn't get referent of title: IndexOutOfBoundsError in to_media_images -->
Pessoas de toda a Europa estão se reunindo em Atenas de quinta-feira, 4 de Maio, até domingo, dia 7, a favor de trocar idéias e experiências, relacionando suas ações políticas. Discussões que se referem aos assuntos trabalhistas, aos imigrantes, ao movimento anti-guerra, à ecologia e à bio-tecnologia, à luta “anti-globalização”, à cidade e à administração local, à mídia livre, etc, estão sendo incluídas dentro de cinco organizações assentadas em Atenas:

Cmi Atenas tentará cobrir e promover as discussões dentro de todas as organizações, por via do Centro de Mídia montado na Universidade Polytechics, em co-atividade com a radio 98 FM, [escute] ao qual irá transmitir todos os quatros dias de lá. No dia 6 de Maio, ao sábado, pessoas que estão participando das organizações irão marchar nas ruas de Atenas. Para mais atualizações visite o




<<<< You are on page 79 of 94 pages >>>>
Jump to page: